Consumidor Profissional de saúde
HomeImprensaEmpresaTrabalhe ConoscoEventosVídeosContatos
ProdutosComo MedirOnde ComprarInformações
Sua Kendall

Veja o vídeo de como medir

Veja o vídeo de como vestir

Meias anti-trombo na prevenção de trombose venosa profunda

Por: Dr. Marcondes Figueiredo

Amaragiri SV, Lees TA
The Cochrane Library, Issue 4, 2007. Oxford: Update Software.

Histórico

A imobilização prolongada em hospitais devido a procedimentos médicos e cirúrgicos, é uma das causas da trombose venosa profunda (TVP) nos membros inferiores e veias pélvicas. O uso de meias anti-trombo graduada tem sido apontado como opção para reduzir o risco de TVP.

Objetivo
O objetivo dessa revisão foi determinar a magnitude da efetividade de anti trombo na prevenção de TVP em vários grupos de pacientes hospitalizados.

Estratégia de Busca

Os revisores pesquisaram o registro do Grupo Cochrane de Doenças Vasculares Periféricas, MEDLINE, e EMBASE e Indexes Medicus. Foram contatadas diversas empresas de manufatura de anti-trombo e participantes de estudos em continuidade .

Critério de Seleção

Estudos controlados randômicos envolvendo:
• Meias anti-trombo isoladas.
• Meias anti-trombo em conjunto com qualquer outro método profilático de TVP.

Reunião de Dados e Análise
Um revisor extraiu as informações, certificou a qualidade dos estudos e analisou os resultados. A conclusão foi checada e autenticada por outro revisor.

Resultados

Um total de 15 estudos controlados randômicos foi encontrado. O tratamento com anti-trombo iniciou um dia antes ou no dia da cirurgia. As meias foram utilizadas até alta ou até a recuperação total dos movimentos do paciente. Na maioria dos estudos incluídos, a TVP foi identificada pelo teste I 125 radioativo.

Conclusão

A análise desses estudos confirma que meias anti-trombo são efetivas na
diminuição do risco de TVP em pacientes hospitalizados. A investigação dos dados também sugere que meias antitrombo em conjunto com outro método profilático é ainda mais efetivo do que meias isoladas.

Comentários do Dr. Marcondes

A meia anti-trombo ou anti-embólica já esta estabelecida na literatura com grau 1A de evidência, ou seja, existe ampla evidência que no pós-operatório o uso deste tipo de meia. Deve ser sempre considerado o seu uso em pacientes com risco moderado e alto. Quando associada a outros métodos de prevenção (farmacológicos) sua proteção é maior do que quando aplicada isoladamente. O quadro abaixo, ratifica a evidência da meia anti-trombo, mostrando que todos os estudos clínicos foram favoráveis ao seu uso.

folha-kendall-marcondes-figueiredo.png

Dr. Marcondes Figueiredo
Pós-Graduado pela Universidade Federal de Uberlânida (UFU) Doutor pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) Especialista em Angiologia e Cirurgia Vascular – SBACV Convidamos Dr. Marcondes Figueiredo para comentar publicações selecionadas sobre a terapia de compressão e patologias que envolvem esse tema. Dr Marcondes tem grande interesse pela compressão elástica, tendo como tema do seu trabalho de conclusão de pós-graduação a “Avaliação do efeito da meia elástica na hemodinâmica venosa dos membros inferiores de pacientes com insuficiência venosa crônica”. Ele também é o idealizador do website www.meiaelastica.com.br.
veja mais matérias de Dr. Marcondes Figueiredo


Encontrenos nas redes sociais
Perfil no Facebook Perfil no Instagram
SAC: 0800 16 77 11 - sac@kendall.com.br
Receba nosso informativo | Informações Assinar
Kendall é uma marca do grupo
Logo Hanes Brands Inc
HomeContatosEmpresaProfissional de SaúdeEventosMapa do SiteInformações Técnicas
Desenvolvido por Fluxion