Consumidor Profissional de saúde
HomeImprensaEmpresaTrabalhe ConoscoEventosVídeosContatos
ProdutosComo MedirOnde ComprarInformações
Sua Kendall

Perguntas Freqüentes

Varizes
São veias permanentemente dilatadas, tortuosas e com função comprometida.

Afetam cerca de 15% da população adulta, e sua incidência é três vezes mais comum em mulheres do que em homens em decorrência de alguns fatores, principalmente hormonais.

São raras antes dos 14 anos de idade e, geralmente quando ocorrem em crianças, fazem parte de deformidades vasculares congênitas. A partir da puberdade, há aumento progressivo na incidência das varizes, sendo que acima dos 70 anos, cerca de 70% das pessoas apresentam dilatações venosas nos membros inferiores.

É uma doença hereditária, e essa predisposição associada a fatores desencadeantes, favorecem seu surgimento.

Alguns desses fatores são:

  • Gestação;
  • Obesidade;
  • Sedentarismo;
  • Profissões que implicam em tempo prolongado na posição ereta ou sentado;
  • Utilização de medicamentos, como anticoncepcionais orais.

Como é feito o seu diagnóstico?
Pelo simples exame clínico, na maioria dos casos o médico pode identificar as veias varicosas e determinar sua gravidade. Os exames complementares ficam restritos a casos em que existam
dúvidas sobre o tratamento a ser empregado.

Quais os sintomas mais freqüentes?
Os sintomas das varizes normalmente são dor e desconforto nas pernas quando em posição ereta. Nos casos mais avançados, pode aparecer edema (inchaço) nas pernas, que se acentua
com o passar do dia, tornando-se mais evidente no final da tarde e causando desconforto na região. Às vezes, podem surgir cãibras.

Os homens têm varizes?
Inúmeros trabalhos médicos apontam uma predominância de varizes em mulheres, na proporção de 2 para 1.

Alguns até citam 3 para 1. No entanto, é inegável também a grande incidência de varizes na população masculina. Costumam ocorrer com maior frequência em homens sedentários, obesos e que trabalham muito tempo em pé ou sentados, na maior parte dos casos em combinação com uma tendência hereditária.

Varizes e Gestantes
A gestação é o fator desencadeante mais importante e faz com que a incidência das varizes predomine nas mulheres. Nessa condição, além das alterações hormonais que ocorrem durante todo o período de gravidez, na segunda metade da gestação há um aumento da pressão nas veias das pernas, devido à compressão do útero.
Se esse aumento de pressão não for suficiente para provocar dilatação permanente, as veias voltam ao seu calibre inicial após o parto. Isto costuma ocorrer após a primeira gestação.
No entanto, com as gestações sucessivas, as veias tendem a se dilatar, tornando-se varicosas e permanentes após os partos.
Nesse caso, é recomendado o uso das meias elásticas medicinais, pois a compressão externa, que colabora aumentando a velocidade da circulação venosa, é muitas vezes necessária, aliviando os sintomas das varizes e o inchaço na gestante.

Quais são as principais complicações das varizes?
As principais complicações das varizes dos membros inferiores são: Tromboflebite superficial (inflamação das veias), Varicorragia (sangramento pelas veias varicosas), Hiperpigmentação (manchas escuras da pele), Eczema (alergia com prurido da pele) e Úlceras (feridas na pele).

Tratamento para Varizes
As varizes dos membros inferiores podem ser tratadas por métodos clínicos e cirúrgicos.
O tratamento medicamentoso para as varizes costuma ser paliativo, ou seja, alivia a sensação de peso e cansaço nas pernas e inchaço, porém não tem nenhum efeito preventivo ou curativo das veias varicosas. O tratamento clínico consiste, além dos medicamentos, em outros itens, como a utilização de meias elásticas medicinais, evitar longos períodos em pé ou sentado, perda de peso (se necessário) e estímulo às atividades físicas aeróbicas regulares. A compressão elástica com meias medicinais visa comprimir as veias insuficientes, retirando o excesso de sangue do seu interior e evitando o inchaço das pernas, além de aliviar os sintomas.
Em casos de varizes calibrosas “grossas” e sintomas exacerbados, recorremos muitas vezes ao tratamento cirúrgico das varizes, que consiste na retirada das veias doentes. Este tratamento costuma ser muito eficiente, tanto do ponto de vista estético quanto no alívio dos sintomas de dores e inchaço.
Não podemos nos esquecer de que, na presença das pequenas varizes (vasinhos), o tratamento de escleroterapia (secagem dos vasinhos) é indicado e traz um excelente resultado estético.

Uso das Meias elásticas

Está comprovado que o uso da meia elástica melhora clinicamente os indesejáveis sintomas de dores, inchaço e cansaço nas pernas, além de prevenir problemas futuros se usadas periodicamente. Indicadas para o tratamento de diferentes estágios de doenças venosas, as meias elásticas Kendall apresentam quatro níveis de compressão:

  • Suave Compressão (13 – 17 mmHg) - Para quem sente dores leves no final do dia ou busca prevenção de doenças venosas nas pernas.
  • Média Compressão (18 – 21 mmHg) - Para quem sente dores acentuadas no final do dia ou fará viagens de longa duração.
  • Alta Compressão (20 – 30 mmHg) - Para quem tem varizes ou inchaços nas pernas, em estágio avançado.
  • Extra Alta Compressão (30 – 40 mmHg)Para quem tem problemas graves nos membros inferiores.

Os fios utilizados em sua fabricação são cuidadosamente selecionados e seus níveis de compressão são precisos, para certificar-se de que as meias estejam sempre dentro do mais alto padrão de qualidade.


Encontrenos nas redes sociais
Perfil no Facebook Perfil no Instagram
SAC: 0800 16 77 11 - sac@kendall.com.br
Receba nosso informativo | Informações Assinar
Kendall é uma marca do grupo
Logo Hanes Brands Inc
HomeContatosEmpresaProfissional de SaúdeEventosMapa do SiteInformações Técnicas
Desenvolvido por Fluxion